Rage in My Eyes: novo vídeo clipe mescla a cultura gaúcha com o Heavy Metal
12/07/2019 | Por
Processed with VSCO with g3 preset

O Rage in My Eyes, banda de Heavy Metal brasileira e em atividade desde 2002, vem trabalhando forte na produção do disco “Ice Cell”, gravado entre 2017 e 2018 nas cidades de Los Angeles (EUA) e Porto Alegre (Brasil). Como antecipação do material, eles divulgaram o clipe de “Death Sleepers”, faixa que traz muitas influências da cultura gaúcha. Confira!

Formado por Jonathas Pozo (vocal), Magnus Wichmann e Leo Nunes (guitarras), Pedro Fauth (baixo) e Francis Cassol (bateria), a banda vem se destacando por mostrar um lado do país que a maioria das pessoas não conhece. Misturando Heavy/Prog Metal com elementos da milonga, a banda apresenta uma sonoridade própria e carregada de elementos raros. O grupo se prepara agora para finalizar o álbum “Ice Cell”, no qual deve ser lançado nos próximos meses.

“Será o primeiro lançamento oficial desde a mudança de nome. Estamos trabalhando há anos nesse material e estamos muito felizes por finalmente estarmos lançando. Essa banda já teve tantos renascimentos que prefiro pensar que dessa vez é um recomeço, onde estamos olhando apenas para frente. Sem dúvida essa é a formação mais forte, onde todos os integrantes estão com o mesmo foco. Esse trabalho também é especial, pois ele é fruto de um crowdfunding muito bem sucedido que fizemos, onde pudemos contar com o apoio dos fãs e amigos para passar da meta que estabelecemos. Gostaria de agradecer o belíssimo trabalho de toda a equipe envolvida, do diretor Ulisses da Motta e do produtor Eduardo Christofoli e demais membros, dos atores Renata Stein, Bruno Barcelos, Maia D’Oxum e do nosso grande parceiro acordeonista Matheus Kléber”, explica o baterista Francis Cassol sobre a faixa e a criação do clipe.

Quanto ao conceito do clipe, trata-se de um desenvolvimento do tema da música, articulado à ideia de uma nova identidade visual para a banda. “Trabalhamos com três ideias principais, em três níveis distintos, suscitadas por essa necessidade de síntese entre a nova fase da banda e a temática lírica de ‘Death Sleepers’: no nível estético, o tradicionalismo gaúcho; no nível moral, as consequências de uma cosmovisão subjetivista, e da autopersuasão hipnótica que a acompanha como traço característico distintivo; no nível poético, a instalação do homem no reino das superficialidades como uma negação existencial do próprio drama humano” esclarece o guitarrista Leo Nunes.

“A banda já veio com uma ideia bem formada de conceito visual. Como a música ‘Death Sleepers’ tem elementos de música tradicional gauchesca, eles trouxeram esse conceito de referenciar à cultura da fronteira do Rio Grande do Sul no cenário e nos figurinos. Foi curioso, porque era algo que eu já queria fazer em algum momento, essa representação mais contemporânea do gaúcho”, finaliza o cineasta Ulisses Da Motta.

Deixe uma resposta

Apoiadores
Próximos Eventos
Ver todos os eventos
Leia Também
Show do Stratovarius em Fortaleza reuniu fãs que aguardavam ansiosos do lado de fora do Armazém...
Confira os detalhes da produção e o que eu achei sobre o novo disco de estúdio do Blind Guardian...
Conheça o Metal Market e confira os shows do Hammerfall, Testament e Dark Funeral...
Saiba como foi o acesso ao festival, qual ônibus usei para chegar lá, o...
Parceiros
OSBOX
Siga o Detector de Metal

Unable to display Facebook posts.
Show error

Error: Error validating access token: Session has expired on Sunday, 28-Apr-19 15:04:18 PDT. The current time is Saturday, 07-Dec-19 06:51:11 PST.
Type: OAuthException
Code: 190
Subcode: 463
Please refer to our Error Message Reference.