Maestrick lança oficialmente seu segundo álbum “Espresso de La Vitta: Solare”
13/07/2018 | Por
Maestrick lança oficialmente seu segundo álbum “Espresso de La Vitta: Solare”

Texto: Marialva Lima

No final de junho, a banda de metal progressivo de São José do Rio Preto em São Paulo, organizou um evento exclusivamente para convidados e imprensa especializada no restaurante vegano “Central Panelaço”. O evento, além de contar com a participação do ilustre dono do restaurante, João Gordo, vocalista da banda Ratos de Porão, teve entre os convidados jornalistas, fotógrafos e os produtores e assessores de imprensa Eliton Tomasi e Suzy Santos do Som do Darma.

Os músicos, Fábio Caldeira (vocal/piano), Renato “Montanha” Somera (vocal/baixo) e Heitor Matos (bateria/percussão) falaram sobre o trabalho e planos para turnê na Europa. Eles agradeceram a presença de todos e principalmente à Suzy e Eliton, pois segundo Fábio Caldeira, eles já são membros da banda. Apesar de estarem em cidades diferentes, sempre estão presentes oferecendo suporte à banda. Lembrando de suas origens em uma cidade pequena no estado de São Paulo, Fábio Caldeira disse que lançar um disco e viver de música é a realização de um sonho para eles, meninos do interior. E, citando o escritor russo Leo Tolstói ao dizer: “Para ser universal é preciso pintar o seu quintal”, lembrou que o novo disco traz um pouco da realidade dos músicos, de suas experiências, suas influências e de pessoas e eventos reais que são parte da jornada de vida de cada um deles.

Espresso de La Vitta: Solare

“Espresso de La Vitta: Solare” é um disco conceitual e “Solare” é a primeira parte deste grandioso projeto musical. A ideia do disco é contar sobre uma viagem de trem cuja duração de um dia é uma metáfora para as experiências de uma vida inteira. Segundo o cantor, nós nascemos, embarcamos e vamos encontrando pessoas durante nossa viagem. Algumas pessoas descem logo, outras, permanecem conosco por um período mais longo e, amando ou não estas pessoas que nos acompanham em nossa jornada, aprendemos muito com elas até que chega nossa hora de desembarcar na próxima estação. A primeira parte deste ambicioso projeto conceitual, “Solare”, fala sobre as doze primeiras horas do dia. A segunda parte, a ser lançada futuramente, irá se chamar “Lunare” e falará sobre as doze horas da noite. Cada disco foi divido em três movimentos, com momentos bons e ruins, além de estar inspirado na “Divina Comédia”, a clássica obra do escritor italiano Dante Alighieri. As quatro primeiras músicas abordam temas mais felizes, fazendo alusão ao paraíso de Dante. As outras quatro músicas abordam temas mais tristes e fazem alusão ao purgatório e, o disco, assim como a obra do escritor italiano, nos leva ao inferno, abordando temas ainda mais complexos e trazendo maior agressividade nas letra e música.

O conceito para o segundo disco, “Lunare” é fazer o inverso. Os temas das músicas começam no inferno, passam pelo purgatório e terminam no paraíso. Desse modo, o ciclo de 24 horas estará completo. A complexidade do projeto e a dedicação dos músicos em construir uma obra de arte dessa grandeza fica claro desde o momento em que pegamos o CD com sua belíssima arte de capa, desenhada pela artista plástica Juh Leidl, até ouvirmos as faixas do disco e constatarmos que todas as influências mencionadas pelos músicos estão presentes.

Os arranjos elaborados, o som da locomotiva dando início à jornada musical, a transição entre as faixas que inicialmente são leves e calmas, mas vão ganhando agressividade e intensidade à medida em que avançamos em nossa viagem musical. Passando por viola, pandeiro e sons inusitados como na canção “Penitência”. Até sermos arrebatados, levados ao inferno e obrigados a descer em nossa última estação. O álbum nos deixa com a sensação de que não vimos ainda tudo o que gostaríamos. E, portanto, entendemos que precisamos realmente ouvir a próxima parte e ficamos aguardando ansiosamente por “Lunare”. “Espresso de La Vitta: Solare” é simplesmente um daqueles álbuns que devemos nos dar de presente. E, para completar a experiência, precisamos ouvir a banda ao vivo. Maestrick fará o show de lançamento de “Espresso de La Vitta: Solare” no dia 29 de julho em São José do Rio Preto. Além de planos para lançar a segunda parte de seu disco conceitual, a banda sairá em turnê pela Europa em breve, portanto, o show do dia 29 de julho é uma grande oportunidade de ver a banda por aqui esse ano.

Nós, do Detector de Metal, agradecemos o privilégio de conferir de perto o trabalho da banda e a gentileza de Suzy dos Santos e Eliton Tomasi do Som do Darma de nos convidar para o evento. A cena de metal nacional ganha muito com o incrível trabalho que eles desempenham.

Maestrick lança oficialmente seu segundo álbum “Espresso de La Vitta: Solare”

 

Deixe uma resposta

Próximos Eventos
Ver todos os eventos
Leia Também
A banda de black metal goianense Luxúria de Lillith divulgou a capa e informações sobre o seu novo disco de estúdio “Gehennom”. O lançamento...
A banda mossoroense Heavenless encontra-se em estúdio gravando as novas músicas do disco que será o sucessor do debut “Whocantbenamed”. Para gravar o novo...
Os cearenses do Krenak divulgaram o single da nova faixa “Under Hatred”. A música,...
Um vereador em Limerick, na Irlanda, está pedindo ao Ministro da Justiça que impeça...
Parceiros
OSBOX
Siga o Detector de Metal

Unable to display Facebook posts.
Show error

Error: Error validating access token: Session has expired on Sunday, 28-Apr-19 15:04:18 PDT. The current time is Thursday, 20-Jun-19 10:32:19 PDT.
Type: OAuthException
Code: 190
Subcode: 463
Please refer to our Error Message Reference.