Freelancer Discos: PAIXÃO POR VINIL
04/03/2020 | Por

Loja de discos no Quintino Cunha oferece ampla variedade para colecionadores assíduos do bolachão

Adquirir LPs e CDs ainda é um hábito comum. A prática não morreu, e viverá ainda por muitos anos se depender da fidelidade dos apaixonados pelo “bolachão”. Alex Aguiar é um desses apaixonados, que em 2017 abriu a Freelancer Discos, loja especializada em LPs e CDs usados dos mais variados estilo de música. A ideia surgiu cinco anos antes, em 2012, quando organizava algumas feiras de vinil no Kukukaya.

Localizada no Quintino Cunha, bairro onde Alex passou a morar desde que veio de Martinópole em 1987, a Freelancer Discos sempre foi um sonho do rapaz, que enxergou a possibilidade de realizá-lo quando começou negociar seus LPs repetidos. “Nessas feiras eu formei alguns clientes fixos e o projeto foi aumentando a minha vontade de abrir uma loja. Depois do Kukukaya, passei a frequentar as feiras ‘Afins de Vitrola’ que ocorrem no Mercado dos Pinhões, o que consolidou minhas vendas e a abertura da loja física em 2017” relata o microempresário de 41 anos. O fato de abrir uma loja de vinil no Quintino Cunha foi outro fator que também o incentivou, pois iria permitir que o público local também adquirisse vinil sem precisar se locomover até o centro ou bairros mais centrais. A loja física funciona na casa onde Alex mora desde 1989.

Freelancer Discos por dentro. (Foto: Priscila Smith / O Povo)

Além do desejo de abrir uma loja e da boa procura que teve no começo, o rapaz também deve tal feito a uma história um tanto incomum. “Para montar a loja eu precisava de um dinheiro. Nessa época eu tinha um disco, que comprei por 50 reais em um desses sebos da vida. Ele era de 1970 e só tinham saído 300 cópias no Rio de Janeiro, o que fazia dele uma peça rara. O disco era da banda Sound  Factory e consegui vender por 7 mil reais”, revela. Tal história comprova a força do vinil no quesito procura, e por isso, segundo Alex, é o que mais sai em sua loja. “Vinil é o meu carro chefe! CDs é uma mídia que tem pouca procura e o DVDs tiveram uma diminuída considerável. Como forma de variar as opções, também trouxe camisetas para serem comercializadas por aqui” completa Alex. 

A Freelancer Discos trabalha com itens usados e também novos, mas eles compõe apenas 5% do acervo. A procura maior se dá em cima dos LPs, pois o público que coleciona e negocia os “bolachões” é expressivo. A confiança deles com a loja também é notória, visto que LPs bem conservados se torna fator fundamental na hora de fechar negócio.

O mercado do vinil
Ganhando cada vez mais adeptos a reviver (e alguns a viverem pela primeira vez) os prazeres do vinil, o formato, além de todo o seu charme na forma de ouvir música, ganha adeptos por quem tem o hobby de colecionar. A prática mantém o mercado ativo, mas Alex adverte para a importância de se ter uma boa presença nas redes sociais. “O mercado está bacana, mas é preciso trabalhar muito e investir em redes sociais para chamar atenção e expor o catálogo. A Freelancer tem um grupo de WhatsApp onde participa colecionadores do Brasil todo, e eu ainda vendo bastante vinil por lá” finaliza.

Na Freelancer Discos você encontra:
Vinil nacional usado: De R$ 20 a R$ 60
Vinil nacional novo: De R$ 100 a R$ 120
Vinil importado usado: De R$ 65 a R$ 100
Vinil importado novo: De R$ 120 a R$ 180
CDs usados: De R$ 10 a R$ 25
CDs novos: De R$ 30 a R$ 50 
Blusas: R$ 40 (preço único)

Serviço:
Freelancer Discos (@freelancer_discosalex)
Local: Av. Emília Gonçalves, 1344 – Quintino Cunha
Contato: (85) 98787-9214
Horário de funcionamento:
Segunda – 9h às 19h
Terça – 9h às 19h
Quarta, quinta e sexta –  9h às 22h
Sábado – 9h às 20h

Deixe uma resposta

Apoiadores
Próximos Eventos
Ver todos os eventos
Leia Também
A banda Black Metal Amantikir liberou em suas redes sociais seu novo single acompanhado com um lyric vídeo, a faixa escolhida foi “Ignis Fatuus”,...
Sucessor do EP “Minds Apart” (2018) foi disponibilizado em todas as plataformas digitais pela Blood Blast, subsidiária digital da gravadora alemã Nuclear Blast  ...
Álbum conceitual marca estreia do grupo de prog rock/metal A banda de prog rock/metal...
Para celebrar o mês do rock, o evento acontecerá nos dias 9 e 16...
Parceiros
OSBOX
Siga o Detector de Metal

Unable to display Facebook posts.
Show error

Error: Error validating access token: The user has not authorized application 1332798716823516.
Type: OAuthException
Code: 190
Subcode: 458
Please refer to our Error Message Reference.