Entrevista com Rodrigo Auad da banda Kromorth
05/06/2018 | Por
kromorth deathmetal

Andressa Silva conversou com Rodrigo Auad, da banda Kromorth.

Desde já gostaria de agradecer em nome do Detector de Metal pela entrevista e pelo tempo cedido. A banda teve seu início em 1999 e já no ano seguinte lançou a demo “In the Name of Kutulu”, como foi o processo de composição e gravação da mesma?

R: Eu quem agradeço ao detector de metal pela oportunidade da entrevista. O “In The Name of Kutulu” foi composto no início da banda, contendo algumas influencias de metal 80’, mas tendo o Death Metal como base principal, foi gravado no estúdio “Da Tribo” em SP e produzido por Tchelo Martins.

 

Logo após o lançamento da demo a banda passou por um longo período de hiato, como vocês enxergam esse tempo? Ele foi necessário? Ajudou no amadurecimento individual e/ou do grupo?

R: Exatamente! Muito bem observado! Esse período foi necessário para o amadurecimento individual e principalmente da banda, como também para direcionar a mensagem e o discurso proposto pela banda.

 

Em 2018 a banda lança seu primeiro disco, o Geodesic Beast, que está incrivelmente maravilhoso, vocês arrebentaram demais nesse trabalho, parabéns! Conte-nos como foi o desenvolvimento desse álbum e como está sendo feito a divulgação do mesmo.

R: Obrigado! O full álbum “Geodesic Beast” foi desenvolvido, composto e gravado em 2016 no estúdio “Da Tribo” em SP e produzido por Trek Magalhães, tendo sua produção executiva desenvolvida em 2017 e sendo lançado em 2018. A divulgação está sendo feita em todo Brasil e exterior, em formato físico e digital, e distribuído por vários distros e selos.

Geodesic Beast

 

Um dos grandes nomes do metal extremo brasileiro, Moyses Kolesne (Krisiun), produziu a “geodesic beast intro”, como que rolou essa parceria?

R: O Moyses é um grande irmão e amigo de longa data, nos conhecemos em 1999 quando o Krisiun tocou pela primeira vez em Cuiabá/MT, além de mestre da guitarra ele é um grande produtor de “intro”, quando terminamos a gravação do disco ele se prontificou em fazer a intro e ficou aterrorizante!

 

Ainda esse ano o Kromorth e a banda Hell’s Ambassador irão lançar um Split juntos, intitulado “Inverse Inquisition”, como surgiu essa ideia?

R: O Magnus, líder do Hells Ambassador, é um grande irmão de longa data, e fazemos parte do cast da Diabolicum Productions, então resolvemos lançar juntos o split, com lançamento previsto para o final de 2018, será uma prévia dos próximos álbuns de ambas as bandas.

Inverse Inquisition

 

Quais os planos da banda para o futuro? Clipe? Tour? Já pensam no segundo álbum?

R: Os planos são: continuar divulgando o disco de forma massiva e partir para a “Geodesic Beast Tour 2018”. Já temos algumas ideias para o segundo álbum mas sem previsão de lançamento.

 

Agradeço demais a colaboração e a disponibilidade de responder nossas perguntas, fica aqui o espaço para deixarem um recado aos leitores.

R: Novamente eu quem agradeço pelo espaço cedido ao Kromorth, e aos leitores Headbangers do Detector de Metal quero dizer que o extremismo e a brutalidade serão levados adiante até o fim, e estamos juntos! Hail Kromorth!!!!

Deixe uma resposta

Próximos Eventos
Ver todos os eventos
Leia Também
Dismember, Entombed, Grave, Cadaver, Pestilence, Asphyx, Death Breath são alguns expoentes do Death Metal que imediatamente nos lembramos quando escutamos …In The Cemetery. Mas...
Grupo canadense promove o álbum “Way of the Road” (2018) Criada em 2006, a banda canadense Skull Fist é uma das principais da chamada...
Banda radicada em Los Angeles conta com Julio Federici (King of Bones) e Mika...
Banda aposta no power metal clássico em álbum de estreia, “Kill Your Ghosts” A...
Parceiros
OSBOX
Siga o Detector de Metal

Unable to display Facebook posts.
Show error

Error: Error validating access token: Session has expired on Sunday, 28-Apr-19 15:04:18 PDT. The current time is Monday, 27-May-19 00:15:37 PDT.
Type: OAuthException
Code: 190
Subcode: 463
Please refer to our Error Message Reference.