Decapitated: Leia a carta postada pela banda após serem inocentados das acusações de estupro
24/03/2018 | Por
Decapitated: Leia a carta postada pela banda após serem inocentados das acusações de estupro

Em setembro do ano passado, a banda polonesa Decapitated passou por um momento na carreira que podia tirá-los do circuito de shows de metal para sempre. Os membros foram presos após um show durante uma turnê americana sob as acusações de sequestro e estupro de uma mulher na cidade de Spokane em Washington.

Foram três meses de prisão e um período de liberdade sob fiança sem poder deixar o país. As acusações foram retiradas e os músicos só puderam retornar para suas casas no dia 5 de janeiro deste ano. E agora, dois meses após a o desfecho do ocorrido, o guitarrista Vogg divulgou, através das redes sociais da banda, uma carta em que faz um desabafo sobre os momentos vividos e prometeu que a banda iria retornar as suas atividades.

Confira abaixo a carta na íntegra.

 

Nós somos inocentes. Nós estamos livres. Estamos de volta em casa. E estamos prontos para voltar com a banda.

Os últimos meses foram um dos momentos mais terríveis e irracionais de nossas vidas.

A cadeia é um lugar horrível. 96 dias de prisão e quase um mês fora da prisão, onde lidamos com medo, estresse inacreditável, depressão e até violência. Foi um momento muito difícil – especialmente para as nossas famílias.

Estar preso em outro país com acusações que se tornaram um caso criminal é uma experiência extrema. Nós não desejamos isso a ninguém. Isso causou a nós mesmos e às nossas famílias muitos dias estressantes e noites sem dormir. A turnê cancelada significou a perda da receita que usamos para sustentar a nós mesmos e às nossas famílias, mas, pior de tudo, nos custou nossa reputação profissional em uma comunidade que amamos e somos membros por todas as nossas vidas.

Infelizmente, enquanto estávamos presos, não pudemos nos comunicar com o mundo exterior, deixando nossos fãs e nossa comunidade de metal para ler muitas notícias e posts em mídias sociais que continham informações imprecisas, porque não havia declarações diretas de nós, da banda, aqueles no meio de tudo isso. Nós mesmos não pudemos informar sobre como a situação estava se desenrolando. Isso levou as pessoas, que ficaram tão chocadas com as notícias, a fazerem narrações falsas. Sem proximidade com o que vivenciávamos, eles se sentiram compelidos a comentar nosso caso e nos culparam, sem sequer conhecer os fatos que diziam algo oposto. Eles chegaram a uma opinião muito rápida sobre nós de uma maneira muito pública.

Nesta era da internet, é realmente fácil arruinar alguém, sua vida, sua família, sua carreira. Alguns meios de comunicação e pessoas apenas acessaram um tópico e fizeram suas próprias histórias inconsistentes, pegando uma informação e criando uma história que eles queriam contar sobre nós em torno dela.

Para quem ainda não sabe: nosso caso foi descartado. Todas as acusações contra todos os membros foram retiradas.

Palavras machucam. Palavras importam. A verdade é importante.

O assédio sexual acontece e existem crimes contra a mulher? Sim, e isso é horrível.

Acusações falsas acontecem? Sim, isso realmente acontece. E também é horrível.

Muitas pessoas são falsamente acusadas todos os dias e a comunidade do metal não está imune. Infelizmente, isso aconteceu com a gente. Pessoas com suas próprias motivações que falsamente acusam alguém não parecem entender que podem arruinar a vida de alguém sem enfrentar quaisquer consequências públicas. Uma falsa acusação pode mudar uma vida em um momento. Um dia tudo é normal, então, no dia seguinte, você acorda na cadeia com um registro da polícia. Você está marcado, estigmatizado enquanto espera para ver como as coisas se desenrolam, mesmo que as acusações não sejam verdadeiras. E então, quando tudo acabar, não é mais um “tópico quente” na internet. Poucas pessoas gastam tempo em mídias sociais para espalhar a verdade, muitas pessoas nem se importam com a verdade. É difícil sentir alívio quando isso acontece.

Não podemos e nunca aceitaremos a narração de outra pessoa sobre quem somos. É por isso que escolhemos retornar com a banda. Nós sabemos quem somos e podemos manter nossas cabeças e nossa música com esse conhecimento.

Quero agradecer a todos vocês – famílias, amigos, outras bandas e nossos incríveis fãs – por sua crença em nós e seu apoio ao longo de uma situação horrível. Nossos incríveis advogados, Steve Graham, Karren Lindholdt, Chris Bugbee, Jeffry Finner e todas as equipes que estiveram ao nosso lado – nossos empresários e nossa gravadora. É inestimável ver que temos tantas pessoas que foram, são e serão conosco. Você sabe quem você é.

Também quero agradecer ao Sr. Dominik Tarczynski, do Parlamento Polonês, que nos visitou em Spokane e verificou se os nossos direitos humanos foram protegidos durante todo o processo, para apoiar as nossas famílias desde o início. Significa muito mais do que palavras podem expressar.

Haverá mais tempo no futuro para falar sobre o caminho de nosso retorno, mas agora a coisa mais importante para nós é voltar às nossas vidas, retornar às pessoas, lugares e coisas que foram tiradas de nós, para retornar ao que se tornou ainda mais precioso para nós enquanto estávamos fora.

Estamos ansiosos para recuperar nossas vidas e estamos gratos pela oportunidade.

Sentimos muito que tenhamos sido forçados a cancelar turnês e festivais, mas vamos nos empenhar muito para trazer todos os planos de volta para nos encontrarmos com todos vocês novamente, nossa comunidade.

“From Pain To Strength” ainda é um lema válido.

Obrigado a todos pela paciência.

Vogg

Deixe uma resposta

Próximos Eventos
Ver todos os eventos
Leia Também
A banda santista de thrash metal/crossover/hardcore Surra lançou no último mês o seu mais novo trabalho. O disco foi chamado de “Escorrendo Pelo Ralo”...
Detector de Metal conversou com o DESALMADO durante sua passagem pelo nordeste. Falamos dos discos, turnê e dos corre de uma banda operária! Curta...
Eu ia escrever essa matéria como notícia, mas achei que merecia um review aqui...
Dismember, Entombed, Grave, Cadaver, Pestilence, Asphyx, Death Breath são alguns expoentes do Death Metal...
Parceiros
OSBOX
Siga o Detector de Metal

Unable to display Facebook posts.
Show error

Error: Error validating access token: Session has expired on Sunday, 28-Apr-19 15:04:18 PDT. The current time is Wednesday, 19-Jun-19 05:48:53 PDT.
Type: OAuthException
Code: 190
Subcode: 463
Please refer to our Error Message Reference.