CDs | Unleeched – Claustrofobia (Wikimetal Music, Metal Assault Records, 2022)
22/03/2022 | Por

 

Trazendo seu Thrash Metal com pitadas de Death e Groove, o já consagradíssimo grupo traz seu sétimo álbum de inéditas, gravado entre 2020 e 2022 e abordando temas que variam da sociedade atual ao momento caótico de pandemia que o mundo todo enfrentou de forma árdua (e ainda vem enfrentando) desde 2020, quando tudo virou de ponta-cabeça.

No auge do momento mais crítico da ascensão do novo Corona-vírus, o trio esteve em Los Angeles com o ótimo produtor Adair Daufembach, somando todo aquele momento de medo e tensão com as composições brutais e viscerais do álbum. O disco como um todo passa essa atmosfera densa e pesada que o mundo vivia durante sua concepção. A própria capa, extremamente escura e caótica, transmite bem o que quero dizer.

As músicas trazem a sonoridade clássica da banda, com momentos muito inspirados e muito brutais, tendo faixas como “Neuro Massacre” uma das mais intensas de sua carreira e “2020 (March To Glory)” trazendo melodias e passagens acústicas até então pouco exploradas pela banda anteriormente.

A soma de Thrash Metal, brutalidade e Groove criam uma sonoridade realmente única para a banda, sendo impossível não remeter ao Sepultura em muitos momentos. A forte cozinha do baixo estreante de Rafael Yamada e a já conhecida (e muito estrondosa) bateria de Caio D’angelo mostram uma química muito intensa e muito natural, com a banda soando extremamente coesa e muito bem harmonizada, sem dúvidas a mão forte do novo baixista deu ao som do Claustrofobia um diferencial ainda mais único.

Um massacre sonoro muito aguardado pelos fãs, o disco não perdoa quando se trata de peso e muita força. A banda apresenta uma aula de como fazer uma música realmente pesada, feita para se ouvir bangueando, no mosh, de forma tão intensa quanto seu conteúdo ou o momento de sua criação, um disco poderoso que deve ser apreciado de forma potente e bruta. Existem momentos que chegam a flertar até mesmo com o Death Metal mais violento de bandas como Cannibal Corpse, junto de momentos feitos para um circle-pit que lembram muito Lamb Of God e até mesmo Gojira em determinadas passagens.

Para quem ama uma boa brutalidade, uma boa porradaria e um bom soco bem dado, o disco cairá como uma cerveja gelada em um dia de muito calor! Sem dúvidas um dos melhores trabalhos do grupo e uma ode ao metal pesado como a gente adora! Um disco feito para ser apreciado com atenção, do começo ao fim, música por música, sentindo cada nuance de peso e groove e cada pitada de novidade que a banda felizmente traz com essa nova formação (e novo momento que o mundo passa).

OUÇA O DISCO NO SPOTIFY

Tracklist:
1 – Stronger than Faith
2 – The Encrypted
3 – Neuro Massacre
4 – Psychosapiens
5 – Corrupted Self
6 – Unleeched
7 – Snake Head
8 – Crawling Back To Yourself
9 – 2020 (March to Glory)

Lineup:
Marcus D’angelo – Guitarra e vocal
Caio D’angelo – Bateria
Rafael Yamada – Baixo

SIGA A BANDA NO:
Facebook
Instagram
Youtube

 

 

Deixe uma resposta

Apoiadores
Próximos Eventos
Ver todos os eventos
Leia Também
A missão de Thaís Lyrica em seu EP de estréia “ECILA” é aliar magia a conceitos retrofuturísticos visando dar vida ao metal melódico do...
  Pandemia perto do fim e a Rygel segue produzindo material! A bola da vez se chama “The Struggle”, sobre “a estória de um...
  A SQQ Rockids é uma banda de rock voltada ao público infantil e...
“Wild Kiss” mescla de hard rock, blues e funk americano, e vídeo dirigido por...
Parceiros
OSBOX
Siga o Detector de Metal