CDs | The Atlantic – Evergrey (AFM Records, 2019)
14/04/2019 | Por
Evergrey - The Atlantic

Quando Tom S. Englund noticiou o 11º álbum do Evergrey, logo criou-se uma grande e boa expectativa em torno do que seria o The Atlantic. Afinal, após anos turbulentos, mudanças na formação e álbuns com pouco apelo, os suecos de Gotemburgo vinham de dois excelentes discos: Hymns for the Broken (2014)  e The Storm Within (2016). E a boa notícia é que The Atlantic vai além das expectativas!

Nesse álbum, Englund conclui a jornada oceânica, que começou em Hymns for the Broken, a qual traz muitos aspectos pessoais enfrentados pelo compositor.

A primeira faixa, Silent Arc, é a mais pesada do disco e já dar uma amostra do que vem pela frente.  Já aqui podemos notar Tom S. Englund dando uma aula de interpretação, passando muita emoção a todo momento.

A radiofônica Weightless é a mais direta, com um refrão grudento, lembrando Monday Morning Apocalypse. Um detalhe que chama atenção é o fato de os teclados de Rikard Zander estarem bastante presentes em todas as faixas, com climas bem sombrios e  de fácil memorização

Então vem a  arrastada e All I Have, que na minha opinião é a melhor de The Atlantic. E é em All I Have que escutamos um dos solos mais bonitos da carreira da banda, que deixaria Paul Gilmour feliz. Particularmente, gosto muito do Henrik Danhage, um baita guitarrista criativo. Ele e  Jonas Ekdahl (bateria)  fazem muito bem a banda.

A Secrets Atlantis, The Tidal,  End of Silence  e Currents  seguem a linha de The Storm Within, com  a banda caprichando no peso e nos solos.  Departure é outro ponto forte do disco, mostrando linhas de baixo de Johann Niemam e teclados sensacionais. E mais um refrão que vai grudar na cabeça.

The Beacon é tipicamente Evergrey. Aqui poderiam encaixar uma partição de Carina Englund, esposa de Tom, cantando algumas partes como tem sido comum na carreira da banda, mas o que não aconteceu dessa vez. This Ocean encerra o álbum como muito peso e uma pegada power metal típica da banda.

The Atlantic  tem obtido boas críticas e empolgado os fãs. É, sem dúvidas, um álbum marcados por grandes atuações individuais. Se em The Hymns for the Broken muitos fãs soltaram um “ Oh, o Campeão voltou”, em The Atlantic, a taça foi erguida.

1 comentário

  1. Discaço sensacional!
    “The Storm Within” ainda é meu favorito de ponta a ponta, mas esse “The Atlantic” tá muito bom também.
    \,,/

Deixe uma resposta

Apoiadores
Próximos Eventos
Ver todos os eventos
Leia Também
O Paradise In Flames disponibilizou nas primeiras horas de hoje o videoclipe de seu mais novo single, “The Way to the Pentagram”. Mantendo o...
Novo trabalho de estúdio sucede "Juggernaut", lançado em 2016...
Linhares Júnior, ou popularmente conhecido como Junin, tem um grande histórico relacionado a música...
Em entrevista ao Detector de Metal, a banda também divulgou o novo vocalista Airton...
Parceiros
OSBOX
Siga o Detector de Metal

Unable to display Facebook posts.
Show error

Error: Error validating access token: The user has not authorized application 1332798716823516.
Type: OAuthException
Code: 190
Subcode: 458
Please refer to our Error Message Reference.