CDs | Rescue – Shaman (Shaman Records, 2022)
11/05/2022 | Por

Perdas, não importa quais sejam, nunca são fáceis de lidar, quando se trata de um falecimento, a situação é pior ainda. O ano de 2019 foi trágicamente marcado pela precoce passagem so saudoso maestro Andre Matos, então vocalista da banda Shaman, vítima de um infarto enquanto a banda vivia um dos seus melhores momentos até então, após anunciar sua turnê de retorno. O luto e a dor foram imensuráveis e difíceis de descrever (eu mesmo lembro como foi uma época dolorosa para a banda, amigos e fãs) mas, em honra a memória do querido maestro, a locomotiva precisava continuar seu curso.

Após anunciarem Alírio Netto como o novo frontman do grupo em 2020 (pouco antes da pandemia assolar o mundo), o Shaman embarcou na “Nagual Fly Tour”, junto do lançamento do seu primeiro single (após a tragédia do ano anterior) “Brand New Me”, para marcar o início de uma nova fase de uma banda veterana e já cravada na história do metal nacional e, principalmente, para manter ainda mais vivo o legado de Andre, dando continuidade a história que o vocalista ajudou a criar por anos.

Agora, em 2022, foi lançado o tão aguardado primeiro álbum com a nova formação (que agora também conta com o tecladista Fábio Ribeiro finalmente efetivado como membro oficial do grupo). “Rescue” vem ao mundo de forma independente pela Shaman Records, trazendo as principais assinaturas do grupo mescladas a um ar renovado que Alírio apresenta (este inclusive gravou sua parte na Alemanha, com o produtor Sasha Paeth em um estúdio privado, assim como Andre costumava – e adorava – fazer).

O disco conta com diversas referências e homenagens a Andre Matos, indo de músicas inteiras a versos, nota-se um grande tributo a sua memória e uma bela forma de dizer “obrigado por tudo, continuaremos com seu legado com honra”. A abertura “Tribute” (cujo nome já apresenta tais características) nos trás uma das principais marcas da banda, que são as referências tribais e xamânicas em seu som, uma intro sinestésica que já prepara para a grande obra que está por vir.

As faixas “Time Is Running Out” e “The I Inside” começam os trabalhos trazendo o bom e velho Shaman da era “Ritual” agora com uma nova energia, uma nova força principal, mas com aquela característica sonora única tão marcante. As duas faixas que iniciam o disco nos apresentam a banda tocando seu clássico metal melódico, épico e forte, com muita energia e velocidade.

Músicas como “Gone Too Soon” e “Where Are You Now” já trazem no nome o que elas querem passar. Assim como Pink Floyd fez em “Wish You Are Here” com seu querido ex-membro Syd Barrett, o Shaman expressa nessas (e em diversas outras) a saudade pelo falecido companheiro e amigo, com um ar melancólico e muito bonito, que traz uma faceta muito pessoal e introspectiva do grupo que já remetem a era “Reason” e emocionam os fãs mostrando que o saudoso maestro está presente como energia e espírito. Uma linda forma de expressar seu carinho e sentimento por alguém tão querido.

Um belo destaque para a música “The Boundaries Of Heaven”, que apresenta uma sonoridade diferente do resto do disco. Trazendo uma belíssima intro de teclado e uma aura épica, a faixa remete facilmente a uma faceta AOR anos 1980, épica e melódica, com guitarras cavalgadas e um vocal muito marcante, tudo guiado por uma argamassa de teclados que trazem toda a energia oitentista (porém nem um pouco datada) que deixa clara a flexibilidade e versatilidade do grupo.

O disco encerra com a música “Resilience”, uma faixa acústica e novamente introspectiva que mostra como devemos seguir em frente mesmo em momentos extremamente obscuros. A principal lição que se tira desse trabalho é que o fim do mundo ainda vai demorar para chegar, que as coisas podem sim melhorar e que, por mais que nossa vida seja abalada por tragédias e perdas, devemos seguir em frente, sempre honrando o legado dos que se foram, continuando a história que eles construíram e também construindo a nossa própria trajetória, sempre lembrando de quem nos acompanhou e sendo gratos por ter tido a oportunidade de ter essas pessoas em nossas vidas.

Para os fãs do Shaman, para os fãs do Andre Matos, para os fãs de metal do Brasil e do mundo, o disco é o atestado de que a banda está de volta e que o legado do maestro estará para sempre vivo, tocando aqueles que foram marcados por sua obra e aqueles que ainda a conhecerão, tudo isso sendo cantado pela voz que melhor se encaixou para o cargo e que encarou com honras o legado deixado. Não consigo imaginar um vocalista melhor que Alírio Netto para o posto.

OUÇA O DISCO NO SPOTIFY

SIGA A BANDA NO:
Facebook
Youtube
Instagram
Site Oficial

Tracklist:
1 – Tribute
2 – Time Is Running Out
3 – The I Inside
4 – Don’t Let It Rain
5 – Where Are You Now?
6 – The Spirit
7 – Gone Too Soon
8 – The Boundaries Of Heaven
9 – Brand New Me
10 – What If?
11 – The Final Rescue
12 – Resilience

Lineup:
Alírio Netto – Vocal
Luis Mariutti – Baixo
Ricardo Confessori – Bateria
Hugo Mariutti – Guitarra
Fábio Ribeiro – Teclado

Deixe uma resposta

Apoiadores
Próximos Eventos
Ver todos os eventos
Leia Também
A missão de Thaís Lyrica em seu EP de estréia “ECILA” é aliar magia a conceitos retrofuturísticos visando dar vida ao metal melódico do...
  Pandemia perto do fim e a Rygel segue produzindo material! A bola da vez se chama “The Struggle”, sobre “a estória de um...
  A SQQ Rockids é uma banda de rock voltada ao público infantil e...
“Wild Kiss” mescla de hard rock, blues e funk americano, e vídeo dirigido por...
Parceiros
OSBOX
Siga o Detector de Metal