Symmetrya: último álbum apresenta conceito lírico voltado para literatura e arte brasileira
02/04/2019 | Por

O último lançamento da banda de Heavy Metal SYMMETRYA, “Beyond the Darkness”, traz diversas referências à arte e literatura brasileira, uma forma de valorizar nossos escritores, pintores e suas valiosas obras. Segundo a banda, “no projeto inicial seriam feitas letras baseadas em livros de escritores renomados da literatura brasileira, mas durante o processo de composição achamos que seria melhor retratar sobre escritores menos famosos. Assim levamos ao público o conhecimento de uma nova geração de escritores com exceção da renomada Lúcia Machado De Almeida cuja obra literária de 1953, ‘O escaravelho do Diabo’, foi retradada na música ‘Crime of the Century’, contando a história dos crimes do psicopata do escaravelho”.

“O Escaravelho do Diabo” foi publicado originalmente em capítulos na revista O Cruzeiro, entre 10 de outubro e 26 de dezembro de 1953, alcançando maior sucesso ao ser republicado em livro em 1974 pela Série Vaga-Lume, criada em janeiro do ano anterior, com ilustrações de Mario Cafiero. Já “Lights Go Down” é uma homenagem ao artista joinvillense Juarez Machado, sendo a música e letra baseada na obra “I Encontro”, uma pintura feita em litografia. “A letra desta canção retrata sobre o amor em sua forma racional, como a obra é feita em preto e branco, sem outras cores, usei este paralelo pra desenvolver o tema da letra, retratando um amor em preto e branco, fazendo uma apologia ao amor em sua forma mais direta e simples, sem cores na verdade é o que a musica quer passar. Foi usado o título de ‘Lights Go Down’ insinuando o amor sem cores na forma poética.” explica o vocalista Jurandir Jr.

Beyond the DarknessJá a canção “Fragments of Life” é baseada na obra de mesmo nome do autor Antônio Borges, retratando um paralelo com o livro sobre as dificuldades da convivência em sociedade e por último. “Recipe for Desaster” foi baseada em algumas partes do livro “Arte ou Desastre”, do escritor Ângelo Monteiro, publicada em 2011.

Além do belíssimo trabalho usando referências brasileiras da literatura e arte, o SYMMETRYA também buscou inspiração no escritor americano Stephen King na letra de “Rose the Hat”, baseada em personagens do livro “Doutor Sono”. Rose, a Cartola, uma personagem do livro, é uma vila e líder de um culto que captura crianças que possuem dons sobrenaturais. “Doutor Sono” foi o 61º livro publicado de Stephen King, e é o seu 50º romance, e o 43º em seu próprio nome. É uma sequela do seu romance “O Iluminado” (1977), lançado em setembro de 2013.

Ouça o álbum no Spotify:
https://spoti.fi/2HdlgAm

Contatos:
Facebook: www.facebook.com/symmetryaofficial

Instagram: www.instagram.com/symmetrya.official

Deixe uma resposta

Apoiadores
Próximos Eventos
Ver todos os eventos
Leia Também
  A Lasting Maze é uma banda de Metal melódico/alternativo formada em março de 2014 na cidade de Mossoró-RN. As composições falam sobre a...
Quando Tom S. Englund noticiou o 11º álbum do Evergrey, logo criou-se uma grande e boa expectativa em torno do que seria o The...
Foi a primeira vez que a casa de show Órbita Bar recebia um show...
  The Number of the Beast é um CLÁSSICO da historia do Heavy Metal...
Parceiros
Burn Artworks
Siga o Detector de Metal